Project Manager

March 22, 2007

Gerenciamento de riscos de obras (construção e montagem) realizadas em unidades industriais em operação

Filed under: Riscos - Cap. 11 — pmiproject @ 11:14 pm

Como evitar os riscos da construção e montagem em sistemas de processo em operação ou próximo de unidades industriais que estejam em operação e que apresentem riscos potenciais?

  • Definir o serviço que deve ser realizado na planta em operação. A revisão do escopo do serviço de construção e montagem deve ser promovida por equipe multidisciplinar ou, preferencialmente, através de um comitê designado para tal, visando assegurar-se que somente o serviço que não possa ser realizado posteriormente (com a planta parada e desinventariada), será feito com a planta em operação.
  • Planejar de modo que seja maximizada a realização dos serviços a quente para preferencialmente serem realizados em paradas (com plantas desinventariadas), sempre que possível.
  • Evitar levantamentos de cargas e movimentação de cargas suspensas sobre os equipamentos em operação ou pressurizados com produtos inflamáveis ou perigosos, sempre que possível.
  • Aproveitar eventuais paradas não-programadas (em que ocorra o desinventário dos sistemas) para realizar os serviços a quente na planta.
  • Implementar, sempre que possível, as novas instalações através de modularização (skid etc.) de modo a diminuir soldagem e trabalhos com ferramentas na planta em operação, requerendo, assim, apenas tie-ins e pequenas interligações a serem feitas nas paradas. Isto elimina a necessidade de construção e montagem com a planta operando.
  • Minimizar o número de soldas próximo dos sistemas ou unidades industriais em operação, através da maximização de spools pré-fabricados nos pipe-shops. Elimine os serviços executados próximos a plantas em operação no que for possível.
  • Instalar todos equipamentos e atividades potencialmente perigosas fora das áreas industriais (ou fora das áreas mais críticas, classificadas em função de risco elétrico).

Gerenciamento de risco de SSMA:

  • Desenvolver uma Análise de Risco Preliminar para identificar os perigos associados com o serviço.
  • Desenvolver uma Análise de Impacto Ambiental.
  • Preparar um plano de SSMA para cada tarefa.
  • Implementar uma revisão global de SSMA, especificamente de segurança.
  • Garantir que o número adequado de pessoas treinadas e experientes da empresa e das parceiras estará disponível durante a execução da construção e montagem com a planta em operação.
  • Assegurar que a liberação e/ou as licenças bem como as Análises Preliminares de Risco estejam disponíveis, concluídas, entendidas e atendidas antes do início de cada tarefa.

Gerenciamento dos parceiros contratados:

  • Preparar e ministrar treinamentos de segurança, sistemas de liberação do serviço, procedimentos a serem cumpridos, análises de risco etc., para todos os parceiros.
  • Planejar e implementar treinamentos para os técnicos e pessoal de staff dos parceiros quanto aos procedimentos de emergência e evasão.
  • Incluir instruções e atividades periódicas de segurança no dia-a-dia e utilização de disciplina no cumprimento de procedimentos através de todos parceiros.
  • Manter reuniões e outros eventos periódicos para os parceiros cobrindo assuntos relativos a SSMA.
  • Disponibilizar um número de operadores adequado para emitir as PTs e acompanhar os serviços nas áreas, para permitir que as liberações sejam adequadamente planejadas, programadas e atendidas para cada serviço.
  • Alocar técnicos de segurança adicionais para inspecionar e apoiar os serviços realizados pelos parceiros.

Gerenciamento das atividades de levantamento de cargas:

  • Planejar inspetores qualificados para inspecionar as máquinas de carga a serem utilizadas, previamente ao uso das mesmas
  • Realizar inspeções de segurança de todos guindastes antes que eles iniciem o serviço.
  • Realizar estudos de rigging para todos os levantamentos e movimentação de cargas suspensas relevantes. O estudo de rigging deve considerar o peso da carga, a capacidade do guindaste / máquina de carga na configuração de ângulo de inclinação e movimentação planejada, a localização e posição da carga, a posição do guindaste incluindo quaisquer complementos de lanças, Jib, máquinas de auxilio, as características do solo e de peças de auxílio para distribuição de esforços (carga sobre o solo) a serem utilizadas, bem como de todos os cabos e demais acessórios usados. Deverá estar especificada a máxima velocidade do vento acima da qual a operação de levantamento da carga não deverá ser iniciada. Todas operações de levantamento de cargas deverão ser realizadas apenas durante o dia sob luz solar. Um engenheiro experiente em técnicas de levantamento de carga, preferencialmente uma terceira parte, deverá ser o executante do estudo de rigging. Desenvolver um plano de levantamento e movimentação de carga para cada serviço específico. Alocar um rigger para supervisionar as movimentações de carga de cada máquina (guindaste).

Controle das fontes de ignição:

  • Identificar as potenciais fontes de vazamento e monitorar a direção do vento em relação ao local de realização do serviço (potenciais formações de nuvens de vazamento de gás tóxico ou inflamável que se dirijam no sentido onde as pessoas realizam o serviço deve ser analisada, controlada e/ou evitada).
  • Portar detectores portáteis de presença de gás ou manter detectores fixos sempre que o risco de ignição estiver presente ou quando da entrada com equipamentos motorizados ou elétricos na área.
  • Restringir o número de veículos circulando no entorno da área de processo.
  • Estabelecer uma delimitação da área de serviço bem definida e razoavelmente próxima à área de processo, visando minimizar a necessidade do tráfego de veículos.
  • Localizar os equipamentos elétricos e equipamentos acionados por motores na região situada de onde sopra o vento, sempre que possível (para minimizar a probabilidade de eventual vazamento de gás inflamável ser levado para onde estão esses equipamentos e favorecer a ignição dos mesmos).
  • Prover anteparos retardantes de fogo (ignição, incêndios ou explosões), tais como cortinas de água, detectores de fumaça, splinklers acionados pelo calor, câmaras para levar imagens das áreas para a sala de controle.
  • Assegurar que os equipamentos elétricos estejam em conformidade com a classificação de riscos (área classificada).
  • Prover local para fumantes em local ou sala distante, localizada preferencialmente em local de onde sopra o vento predominante.
  • Prover medidas preventivas para combater ou evitar/minimizar respingos de solda, faíscas de lixadeiras e maçaricos etc.
  • Limitar a água de incêndio para outros usos que não o exclusive para combater incêndios.
  • Posicionar observadores e/ou viaturas da brigada de incêndio e equipamentos de combate a incêndios próximo da área durante a realização dos serviços.

Trabalhos em altura:

  • Instale um anteparo protetor a uma altura de 2,2m dentro da área de processo para evitar a queda eventual de objetos sobre as pessoas ou equipamentos e tubulações que se encontrarem em alturas próximas do chão. Delimitar a área na altura do chão para evitar que pessoas inadvertidamente passem sob os locais com risco de queda de objetos.
  • Considerar as conseqüências das peças, ferramentas ou acessórios de materiais que possam eventualmente cair dos locais elevados, com respeito à necessidade de proteção preventiva de instrumentos e equipamentos elétricos.
  • Minimizar o potencial de incêndio evitando uso de tábuas, sarrafos, andaimes de madeira e estruturas de madeira ou de materiais inflamáveis, usando de preferência andaimes tubulares e estrados de aço.
  • Planejar a montagem dos andaimes de modo a permitir e facilitar que as pessoas sobre os mesmos (durante montagem ou desmontagem do andaime ou executando outros serviços sobre os mesmos) possam descer rapidamente em caso de necessidade (incluindo áreas alternativas de escape) para permitir evasão rápida em caso da ocorrência de um vazamento ou de incêndio nas proximidades.
  • Exigir o uso obrigatório de cintos especiais apropriados para as pessoas que trabalhem em altura.
  • Instalar sistemas especiais (elevadores, teleféricos etc.) de transporte para locais elevados (torres altas, chaminés, fornos etc.) para permitir acesso e evasão mais fácil e rápida e direta às/das áreas de trabalho.

Segurança pessoal:

  • Identificar e marcar / sinalizar as rotas de fuga em todas áreas de processo.
  • Prover uma sala de estocagem (mini almoxarifado) e um preposto para entregar os equipamentos de proteção em caso de emergência – EPE (emergency protection equipment).
  • Utilizar geradores de energia móveis com baixos níveis de ruído para apoio às máquinas de solda e outras ferramentas elétricas, de modo que não atrapalhem a audição dos alarmes existentes na área (principalmente sirenes de evasão ou de estado de emergência).
  • Auditar as áreas de trabalho regularmente para assegurar que os requisitos de SSMA estão sendo atendidos, principalmente o uso de EPIs, o cumprimento dos procedimentos, o uso de práticas seguras, as instruções da PT, as recomendações da análise de risco etc.

Precauções de serviços mecânicos / housekeeping

  • Instalar contêineres ou contendores na área de processo para armazenar parafusos, porcas e itens pequenos similares.
  • Prover dispositivos de isolamento, fechamento, travamento ou segurança (vigilância) para as áreas isoladas de modo a evitar a entrada, acesso ou manipulação dos sistemas por pessoas não autorizadas.
  • Remover resíduos da área periodicamente e de forma constante de modo a manter o local do serviço limpo, organizado e, principalmente isento de hidrocarbonetos e materiais inflamáveis. Prover limpeza dos equipamentos posicionados na área de serviço.
  • Inspecionar todas ferramentas e máquinas a serem usadas no recebimento das mesmas, para verificar se elas estão adequadas quanto à qualidade e condições.
  • Garantir que os painéis elétricos, cabos elétricos, cabos das máquinas de solda e lixadeiras etc., bem como os mangotes e mangueiras estejam íntegros e protegidos de danos.
  • Prover proteção mecânica da área de trabalho quanto a eventuais aberturas de drenos, vents, derramamentos de produtos inflamáveis, pelos operadores ou por outros serviços de manutenção ou montagem realizados nas proximidades (colocação de raquetes, lavagens etc.)
  • Identificar e isolar os parceiros de construção civil, especialmente os envolvidos com escavações.

Treinamento:

As seguintes atividades de treinamento devem ser consideradas adicionalmente aos treinamentos de segurança desenvolvidos sob um sistema de gestão de segurança:

  • Organizar sessões de treinamento envolvendo supervisores, gerentes e inspetores de segurança;
  • Organizar treinamentos para os parceiros;
  • Organizar workshops de segurança semanais para avaliar o conhecimento e capacitação dos parceiros quanto aos procedimentos de segurança;
  • Distribuir mídias de segurança para conscientização dos parceiros;
  • Organizar treinamento específico dos técnicos de segurança das parceiras sobre segurança industrial e atividades de segurança desenvolvidas no plano de serviços realizados com a planta em operação.

3 Comments »

  1. Sua lista de riscos ficou muito boa! Aposto que vai ajudar muitos projetos!
    Parabéns pelo blog, o conteúdo está realmente muito bom! Vou adicionar no blogroll!

    Comment by Diego Nei — August 16, 2009 @ 5:08 pm

  2. Wow, that’s what I was exploring for, what a stuff! present here at this weblog, thanks admin of this web page.

    Comment by Payday Loans — May 2, 2013 @ 9:16 pm

  3. other people reading your blog too, this is news, good news!! Click https://twitter.com/moooker1

    Comment by maryannelove3547 — April 8, 2016 @ 1:39 pm


RSS feed for comments on this post. TrackBack URI

Leave a Reply

Fill in your details below or click an icon to log in:

WordPress.com Logo

You are commenting using your WordPress.com account. Log Out / Change )

Twitter picture

You are commenting using your Twitter account. Log Out / Change )

Facebook photo

You are commenting using your Facebook account. Log Out / Change )

Google+ photo

You are commenting using your Google+ account. Log Out / Change )

Connecting to %s

Create a free website or blog at WordPress.com.

%d bloggers like this: